Óleo de cannabis e enxaqueca - CBD como uma alternativa suave para drogas pesadas?


Você conhece a sensação de quando alguém lhe bate nas têmporas? Você acha a luz extremamente brilhante e faz você se sentir mal?

Qualquer pessoa que sofra de enxaqueca sabe quão grave pode ser um ataque de dor de cabeça. Isso geralmente é tratado clinicamente. Existem instruções acumulativas que você pode ler on-line que CBD ajuda com enxaquecas.

Vamos ao que interessa hoje! Já se sabe que a maconha ou a maconha podem ajudar contra a enxaqueca. É interessante se funcionar sem o componente THC.

Causas da enxaqueca

Verdadeiramente comprovada e cientificamente comprovada, as causas da enxaqueca não são. No entanto, alguns gatilhos são conhecidos que favorecem uma enxaqueca.

Primeiro e acima de tudo, a falta de sono e estresse desencadeia. Além disso, uma maior suscetibilidade foi encontrada nas mulheres antes que elas menstruassem. Um estilo de vida e dieta pouco saudáveis ​​também aumentam a chance desses ataques severos de dor de cabeça. Isso inclui abstinência de cafeína, hipoglicemia através do jejum, ingestão irregular de alimentos e consumo excessivo de bebidas.

Ao tomar medicamentos com compostos nitro, também foi observada uma maior vulnerabilidade à enxaqueca.

O que acontece com uma enxaqueca?

O cérebro muda muito durante uma enxaqueca: as redes nervosas são irritadas, o metabolismo é alterado e uma substância mensageira no sangue (CGRP) garante uma transmissão de dor mais intensa.

Algumas pessoas já notam uma convulsão dois dias antes, outras apenas algumas horas antes. Essa fase é caracterizada por problemas de irritabilidade, fadiga, desejos, sensibilidade à luz e problemas de ruído e concentração.

Alguns pacientes com enxaqueca relatam uma percepção alterada da visão, desorientados, distúrbios do equilíbrio ou distúrbios da fala. Na chamada fase da dor de cabeça, os pacientes sofrem de dores de cabeça extremamente graves, que geralmente são acompanhadas de náusea ou vômito. É impressionante que a dor geralmente ocorra apenas mais da metade. Essa fase da dor dura entre as horas 4 e três dias.

Adolescentes que sofrem de ataques de enxaqueca têm um curso mais curto. Principalmente, a enxaqueca ocorre em adultos acima dos anos 35.

Durante a enxaqueca, você toma principalmente medicamentos que ajudam a combater dor, náusea e inflamação. Dependendo da gravidade, os médicos prescrevem medicamentos diferentes que têm um efeito benéfico nos sintomas. Aqueles que tomam analgésicos permanentemente devem considerar que dores de cabeça severas podem ser um efeito colateral.

CBD para a prevenção da enxaqueca

Se você está enfrentando enxaquecas regularmente, deve procurar as causas. Os principais gatilhos são estresse, estilo de vida saudável e distúrbios do sono para convulsões.

Esportes regulares de resistência e uma rotina diária estruturada geralmente ajudam a reduzir a frequência de enxaquecas. Em alguns relatórios, que você pode ler on-line, fica claro que o CBD ajuda muito bem contra a enxaqueca.

O CBD é um substanc ativoe da planta de cannabis que não causa um estado barulhento e não é psicoativo.

Esta substância não é abrangida pela Lei de Narcóticos para produtos que contenham canabidiol. Verifique se o THC é inferior a 0.2%.

Alguns pesquisadores estão convencidos de que o efeito do óleo CBD tem um efeito relaxante e analgésico e é, portanto, ideal para a prevenção de enxaquecas.

No entanto, as evidências médicas aprovadas oficialmente não estão disponíveis no momento. A pesquisa deste canabinóide ainda está em sua infância, mas alguns estudos sugerem que esse medicamento consome realmente muitos sintomas e condições. Até agora, não há efeitos colaterais reais. No entanto, durante a gravidez ou o uso concomitante de outros medicamentos, em qualquer caso, é necessário consultar um médico, devido a possíveis interações.

Estudos sobre CBD na enxaqueca

Os dados específicos são um tanto limitados devido ao pequeno tamanho da amostra e à simples falta de estudos sobre o CBD (em oposição à maconha medicinal). Como mencionado anteriormente, o óleo CBD puro não foi estudado especificamente por seus efeitos sobre a enxaqueca, mas demonstrou um efeito promissor na enxaqueca em associação com o THC. Enquanto isso, existem alguns dados clínicos promissores sobre como o CBD e a maconha medicinal podem afetar a dor crônica e outras condições médicas.

Por exemplo:

Em um estudo 2012, o CBD mostrou-se eficaz no alívio de alguns tipos de dor e inflamação crônica, incluindo aqueles associados a artrite e esclerose múltipla.

No 2016, uma pesquisa conduzida por farmacoterapia revelou que a "maconha medicinal" (embora o CBD de espectro isolado ou completo não fizesse parte deste estudo) pode reduzir a frequência de dores de cabeça da enxaqueca. Neste estudo, os usuários relataram uma redução na enxaqueca de 10.4 para 4.6 por mês.

Um estudo 2009 encontrou evidências de que os compostos de maconha podem ser úteis no tratamento da dor em usuários de opióides a longo prazo que desejam reduzir o uso de analgésicos farmacêuticos.

Como você pode ver, os dados parecem ser um bom sinal de CBD como tratamento para enxaqueca. Pelo menos por causa de sua segurança documentada, parece valer a pena para quem deseja reduzir a ingestão de medicamentos.

Como funciona o CBD?

Como o CBD funciona no corpo humano ainda é um pequeno segredo. Embora estudos demonstrem que o CBD é promissor no tratamento da epilepsia e de alguns tipos de dor crônica, ainda sabemos muito pouco sobre como ele realmente funciona.

Primeiro, há alguns sinais de que o sistema endocanabinóide do corpo e seus receptores, que estão ligados ao CBD como uma fechadura e chave. Está provado que o sistema endocanabinóide desempenha um papel na função imune, juntamente com outras coisas, como memória, ansiedade e regulação do humor.

Quais são os benefícios do óleo CBD?

Uma das principais vantagens de óleo CBD, especialmente para os proponentes do tratamento natural, é o fato de que o CBD não é um medicamento fabricado farmaceuticamente com uma infinidade de possíveis efeitos colaterais e interações negativas.

O CBD possui várias propriedades farmacológicas positivas, incluindo anti-inflamatório, antioxidante, antiemético, antipsicótico e neuroprotetor.

O óleo CBD foi estudado no tratamento de diabetes, depressão, artrite e outras doenças. O estudo também aponta para o fato de que o CBD é seguro, pois não altera a freqüência cardíaca, a pressão sanguínea e a temperatura corporal e não afeta adversamente as funções psicomotoras e psicológicas.

Qual é a dosagem correta de óleo CBD?

Embora não exista uma dose específica recomendada, o CBD tem se mostrado seguro, mesmo em grandes quantidades. Como com qualquer suplemento dietético, é sempre melhor seguir as instruções no rótulo de um óleo CBD e observar como você se sente antes de fazer quaisquer ajustes.

De acordo com um estudo da 2018, medicamento para cannabis, os eventos adversos estão relacionados principalmente ao THC, cuja equivalência total da dose diária geralmente deve ser limitada a 30 mg / dia ou menos. Por outro lado, o CBD foi considerado muito menos eficaz no mesmo estudo, o que significa que ele pode precisar de doses muito mais altas para seu benefício adicional na dor.

Como na maioria dos suplementos alimentares, é aconselhável começar com doses menores para ver onde o alívio começa e como o corpo reage. Você pode aumentar sua dosagem de horas extras para encontrar a dose certa para você.

Perguntas frequentes sobre óleo de CBD

Quanto tempo leva para um efeito entrar em vigor?

Assim como a eficácia de cada suplemento dietético pode variar de caso para caso, o mesmo ocorre com a quantidade de tempo necessária para que o efeito seja sentido. Enquanto algumas pessoas relatam que se sentem aliviadas nos minutos 30 a 45, outras relataram que o óleo CBD é remediado quase imediatamente.

O CBD me deixa chapado?

Não, o CBD não é uma substância psicotrópica, por isso não tem efeito psicodélico.

O THC é o produto químico que produz os efeitos psicodélicos presentes em produtos com efeito psicoativo. O CBD não é como o THC (tetra-hidrocanabinol) e não o deixa "alto".

Existem efeitos colaterais ou riscos?

Quando se trata de CBD em combinação com THC, existem muitos efeitos colaterais. No entanto, o óleo puro de CBD é outra história. O CBD puro com 0.0% THC tem surpreendentemente poucos efeitos colaterais que a maioria de nós provavelmente consideraria baixo. Os possíveis efeitos colaterais incluem:

  • mudanças de apetite
  • diarréia
  • fadiga

Nem todo mundo vai experimentar esses efeitos colaterais, e quanto os efeitos do óleo CBD podem variar. No entanto, o óleo CBD é seguro para a maioria das pessoas. Para estar seguro, pergunte ao seu médico antes de adicionar o óleo CBD como método de tratamento alternativo.

CBD é viciante?

Não, o óleo CBD não é viciante.

Conclusão

Enquanto os que sofrem de enxaqueca continuam buscando alívio que não sobrecarrega seus corpos com medicamentos, a ciência é desafiadora.

O óleo CBD é uma das muitas maneiras pelas quais as pessoas que sofrem de enxaqueca podem reduzir a dor e a dependência de medicamentos.

Com seu histórico em segurança e prevenção de dependência, o óleo CBD provavelmente vale a pena tentar para muitos que sofrem de enxaqueca.

Agora que você sabe mais sobre isso, pode tomar uma decisão informada sobre se o óleo CBD é ideal para você e onde pode obter um produto puro e testado.


Você já leu os livros?


comentários 34


  • AYbhEXTWsSk

    lRUjFmJBouP


  • jVXgKDkzOud

    JYEyplhawM


  • QOFJeGmgzTawtAUd

    snZAKuRJMTEP


  • wUlneMTX

    OVsoRHXK


  • qpHAmabIWFxTQKOr

    DylJFIvsBPqwE


Deixe um comentário


Por favor, note que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados


Artigos relacionados


Gire para ganhar Ícone do girador